Críticas ao Presidente. “Esta coisa de promulgar com recados é um abuso”


A deputada socialista Isabel Moreira critica, esta terça-feira, a forma como Marcelo Rebelo de Sousa anunciou, ontem, a promulgação do diploma que atualiza de 580 para 635,07 euros o salário mínimo na função pública.

Isabel Moreira não gostou da forma como Marcelo Rebelo de Sousa anunciou a promulgação do diploma relativo à subida do salário mínimo na Função Pública.

Na ótica da deputada socialista “não se promulga assim” e o Presidente “não devia” estar a “fazer escola com esta figura da promulgação ‘com reservas’” até porque, sublinhou, a “Constituição é clara: o Presidente pode promulgar ou, se tem dúvidas que não de constitucionalidade, veta politicamente”.

“Esta coisa de promulgar com recados é um abuso e condiciona o próprio Marcelo quanto a diplomas futuros sobre a mesma matéria, porque estará sempre prisioneiro das opiniões anteriores”, escreveu a deputada na sua página de Facebook, lembrando que a “política fica para o Governo ou para o Parlamento”.

“Se quer mostrar ao mundo as suas dúvidas que vete politicamente. Isto já cansa”, rematou a deputada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *