“Estamos muito confiantes no julgamento que os portugueses farão”


OPresidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, está a receber, desde segunda-feira, os partidos com assento parlamentar no quadro dos contactos regulares. Depois de ter recebido o PAN, Os Verdes, o PCP, CDS e Bloco de Esquerda, na manhã desta terça-feira foi a vez de receber o PS, no Palácio de Belém.

Depois da reunião com o Chefe de Estado, o líder parlamentar do Partido Socialista disse aos jornalistas que a conversa incidiu, principalmente, sobre a “situação do país” desde o último encontro com Marcelo Rebelo de Sousa.

Perante a aproximação das diversas eleições que têm lugar este ano, Carlos César garantiu que o PS transmitiu ao Presidente da República uma “mensagem de tranquilidade”.

“Transmitimos ao Presidente da República a tranquilidade com que o Partido Socialista enfrenta esta fase da vida do nosso país, uma tranquilidade que não anula o nosso inconformismo em procurar que as coisas corram melhor do que têm corrido, mas também que não anula a nossa satisfação pelo facto de termos indicadores no plano económico e social que mostram o sucesso desta experiência de Governo que decorre, e que se concretizará, ao longo desta legislatura”, referiu, acrescentando que o PS está confiante no resultado das eleições que decorrerão durante o ano de 2019.

É evidente que para nós são importantes os atos eleitorais que se avizinham, seja do Parlamento Europeu, das eleições regionais da Madeira e das eleições legislativas, mas estamos muito confiantes que o julgamento que os portugueses farão nessas ocasiões depende daquilo que nós continuamos a fazer”, afiança.

Carlos César fez ainda questão, durante a intervenção, de relembrar que “apesar de algumas sombras que surgiram do ponto de vista da evolução da economia internacional e da economia europeia (…) a confiança dos investidores e dos empresários em Portugal continua em alta” e que, nos primeiros dois meses deste ano, “já foi percetível que a economia portuguesa continua pojante”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *